HORA E DATA !

sábado, 11 de outubro de 2014

#Política #FamíliaCampos #Declara #Apoio #aAécio

Viúva de Eduardo Campos escreve carta de apoio a Aécio

Texto de Renata Campos é lido pelo filho João, considerado herdeiro político do ex-governador

Na carta, Renata Campos agradeceu pelo apoio do povo pernambucano e pelo resultado do PSB nas urnas

Renata Campos, viúva do ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos escreveu uma carta de apoio à candidatura de Aécio Neves (PSDB) no segundo turno das eleições presidenciais. O texto foi lido pelo filho mais velho de Renata e Eduardo, João, considerado herdeiro político do ex-governador, morto em acidente aéreo em 13 de agosto.
Na carta, Renata agradece ao povo pernambucano pelo apoio ao PSB nas eleições. O candidato da sigla ao governo do Estado, Paulo Câmara, foi o governador mais bem votado do país, em termos proporcionais, com 68% dos votos. Além disso, a chapa liderada pelo PSB elegeu Fernando Bezerra Coelho para o Senado e 20 deputados federais, oito deles do PSB, formando a maior bancada do partido na Câmara dos Deputados. Marina Silva também saiu vitoriosa em Pernambuco, onde a ex-senadora teve 48% dos votos, quadro que se repetiu apenas no Acre, seu Estado natal.
Leia também:
“Vou ganhar esta eleição”
Aécio reforça promessas que atendem pauta de Marina


A viúva de Campos lembrou que este foi um ano muito difícil, mas afirmou que "continua com os mesmo sonhos" do marido. "Aécio, acredito na sua capacidade de diálogo e gestão", disse, acrescentando que os caminhos de Campos e Aécio se cruzaram várias vezes durante suas carreiras políticas. "Sei que vocês eram diferentes, mas vocês souberam se unir pelo Brasil."

Ela encerrou a mensagem desejando sorte ao candidato tucano e dizendo que ele levará de Pernambuco "a garra e a energia que serão fundamentais para construir um novo Brasil", escreveu.
Aécio participa neste sábado de eventos de campanha em duas cidades pernambucanas, a capital Recife e Sirinhaém, no Sul do Estado, cidade onde Marina teve o maior percentual de votos no Brasil. O candidato tucano participará de um almoço na casa da família Campos.

Por: Talita Fernandes, de Recife

quinta-feira, 9 de outubro de 2014

PT reabre processo e se da mal.

FIM DA APELAÇÃO ELEITOREIRA: AÉCIO É NOVAMENTE INOCENTADO DA ACUSAÇÃO DESCABIDA DO AEROPORTO.

Procuradoria Geral da República diz que não há elementos que justifiquem a investigação criminal.

dilma apagao Fim da apelação eleitoreira: Aécio é inocentado da acusação descabida do aeroporto

Depois de ser inocentado pelo juiz da vara criminal de Minas ano passado, em véspera de votação para o 2° turno, o PT, reabre o processo alegando que foi mal julgado e precisa ser re-julgado. Mas novamente agora com outro procurador, o então sr. Rodrigo Janot, procurador geral da República, arquivou NOVAMENTE parte da representação apresentada pelo PT contra Aécio Neves, solicitando a investigação sobre a construção do aeroporto de Cláudio (MG). De acordo com a procuradoria geral, não há elementos que justifiquem a deflagração de investigação criminal. O aeroporto fica em uma área que pertenceu ao tio-avô de Aécio, sendo que todas obras do PSDB foram aprovadas pelo Ministério Público Federal.

Fonte: Revista Veja
Por: Jornalista e Colunista Ricardo Setti


quarta-feira, 8 de outubro de 2014

#MarinaSoltaOVerbo "Marina compara Dilma e Inferno e Aécio e a Cruz"

MARINA DIZ QUE ESTÁ ENTRE CRUZ E INFERNO NO SEGUNDO TURNO
MARINA DIZ QUE OPÇÕES DE APOIO A “LEVAM PARA A CRUZ OU PARA O INFERNO


Em conversa por telefone com a viúva de Eduardo Campos, Renata, na noite de segunda-feira (06), a terceira colocada dacorrida presidencial, Marina Silva (PSB), comparou o apoio a Aécio Neves (PSDB) a um “caminho para a cruz”. Amanhã (09), a coligação que apoiou Marina vai anunciar a adesão ao tucano.
Marina Silva ataca   Levy Fidélix foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ABr

Segundo uma pessoa próxima a Marina, ela disse que, após ficar de fora do 2º turno, “dois caminhos” a “levam para a cruz e um para o inferno”. A decisão entre ficar neutra, como fez nas eleições de 2010, ou apoiar Aécio seriam os dois rumos que lembram o sacrifício de Jesus Cristo. O “inferno” seria fazer uma aliança com o PT da presidente Dilma Rousseff.
Para aliados, depois dos ataques vindos da campanha petista no 1.º turno, tornou-se praticamente impossível apoiar a candidata à reeleição. Marina, que foi ministra doMeio Ambiente no governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e filiada ao PT por mais de duas décadas, ficou profundamente magoada com os ataques dos antigos companheiros de sigla.
No domingo, em seu pronunciamento após o resultado da votação, Marina indicou que não ficaria neutra e que o brasileiro havia demonstrado nas urnas que não concordava mais com os rumos do atual governo. Ontem, a ex-ministra divulgou nota dizendo que os partidos de sua coligação – incluindo a Rede Sustentabilidade, legenda que teve o registro negado pela Justiça Eleitoral no prazo para que pudesse lançar a candidatura de sua idealizadora – vão “construir um posicionamento comum sobre a continuidade da disputa pela Presidência da República”.
Distribuído pela página da Rede no Facebook, o texto afirma que as declarações de dirigentes e partidos que formaram a coligação “não refletem em nenhuma hipótese a opinião da ex-candidata” ao Palácio do Planalto.
Apesar de ainda não ter dado declarações oficiais e manter certo mistério sobre seu futuro político, Marina já decidiu pelo apoio a Aécio. Agora, ela tenta construir o que chama de “aliança programática” para que isso não pareça apenas um acerto de conveniência política. A ideia é criar convergências entre as propostas dela e as do tucano, pedindo pequenas alterações no plano de governo do PSDB.
Marina também não quer assumir sua posição publicamente antes de discutir o assunto com integrantes da Rede. A primeira reunião, com membros da Executiva, na noite de ontem, terminou sem uma decisão final. Outra conversa mais ampla está marcada para esta quarta-feira, 8.

Segundo relatos de participantes do encontro, a maioria dos presentes se posicionou pela neutralidade, mas há um grupo influente de nomes ligados diretamente a Marina que defende o apoio a Aécio. (AE)

Por: Jornalista Fernando Farias

segunda-feira, 6 de outubro de 2014

#2° Turno

COM AÉCIO, 2º TURNO SERÁ DE TIRAR O FÔLEGO

COM AÉCIO NEVES (PSDB), 2º TURNO CONTRA DILMA (PT) PROMETE PEGAR FOGO

Dilma Rousseff e Aecio Neves copy

Política é para profissionais, e essa regra pode explicar o desempenho final arrebatador de Aécio Neves (PSDB), a quase cinco pontos percentuais da presidenta Dilma (PT). Explica também a perplexidade do PT. Aécio fez Marina (PSB) derreter como alternativa de oposição, e chega ao segundo turno oferecendo a empolgação como pedra de toque da sua campanha. Será um 2º turno de tirar o fôlego.
Num primeiro gesto político relevante, Aécio pretende visitar Renata Campos, viúva do falecido Eduardo Campos (PSB).
Os institutos de pesquisas deveriam explicar por que erraram tanto em vários estados e nas previsões da votação de Aécio Neves.
Na última pesquisa de intenção de votos, Aécio Neves aparecia com, no máximo, 27%; quase dez pontos a menos do que obteve.

Por: Coluna Cláudio Humberto

domingo, 5 de outubro de 2014

#AécioVira #oQuadro #DasEleições #DilmaAssustada #MariaDeveApoiarAécio

"DILMA ESTA ASSUSTADA E NÃO SE PREPAROU PARA NOS ENFRENTAR", DIZ AÉCIO

Depois do "revira-volta" nas Eleições dando Aécio e Dilma no segundo turno, o tucano troca ferpas com Dilma e diz que "Dilma esta assustada e esperava coisa mais leve [Marina] e não nós" concluiu.



No último dia da campanha, o candidato Aécio Neves (PSDB) afirmou que a petista Dilma Rousseff "provavelmente está assustada" e por isso mudou de última hora sua agenda para incluir Belo Horizonte neste Sábado(4).

"Provavelmente está assustada. Acho que ela não se preparou para nos enfrentar. Vamos para o segundo turno e ganhar a Eleição" disse o tucano nesta manhã, antes de dar início a uma sequência de quatro carreatas previstas para cidades da região metropolitana de Belo Horizonte.

Dilma também na manhã deste sábado pede votos na capital mineira, reduto político de Aécio Neves.

O grupo do tucano esta no comando de Minas a doze anos. A presidente trocou caminhadas com o ex-presidente Lula em São Bernardo do Campo, para participar em um evento em Belo Horizonte.

Aécio tratou Dilma como "Visita". "Minha orientação aos meus companheiros é manifestar sempre nossa tradicional hospitalidade. Pena que ela [Dilma], não vai ficar muito tempo, porque ela não vota em Minas Gerais. Vamos recebê-la como sempre recebemos quem vem de outras partes do Brasil". afirmou. 


Dilma X Marina 



No comitê Central do Partido dos Trabalhadores (PT) em entrevista na noite deste Domingo (5), a presidenta Dilma Rousseff, cutucou a candidata pelo PSB Marina Silva, cantando parte de seu jingle de campanha, com palavras trocadas ... "Marina vou eu, GANHAR da Marina, Marinar .... Marina vou eu sonhar que a menina vai FICAR (no 1° Turno)" concluiu em risos



Aécio faz aceno a Marina e diz que é hora de "UNIR FORÇAS"

Em uma virada inédita na história do Brasil, o candidato do PSDB ao Planalto, Aécio Neves disputará o segundo turno da eleição contra a petista Dilma Rousseff, depois de aparecer a 20 pontos percentuais de distância das principais adversárias na corrida presidencial.

O Tucano teve quase de 34% dos votos válidos, superando a marca do candidato José Serra (SP) que concorreu pelo partido em 2010, e passou para segunda fase da corrida eleitoral com cerca de 32,6%. Em pronunciamento na noite deste Domingo (5), fez aceno à ex-senadora Marina Silva, que concorreu pelo PSB, e durante quase toda campanha manteve Aécio Neves em 3° lugar nas pesquisas de intenções de voto.



" É hora de unirmos as forças. A minha candidatura não é mais de um partido político, de um conjunto de alianças, é um sentimento mais puro de todos os brasileiros, que ainda tem capacidade de se indignar e principalmente de sonhar. Portanto vamos acreditar que é possível dar ao Brasil um país que una decência e eficiência."

Aécio diz não ter conversado com Marina, e não quis especular sobre a posição da pessebista. Afirmou ter um respeito profundo pela adversária, concluiu dizendo que TODAS as forças que quiserem se unir a sua caminhada serão "Bem-Vindas".

Marina Silva sinaliza apoio a Aécio Neves no 2° Turno e fala em "Mudança Qualificada" ...

Fora do segundo turno das eleições e apesar de não citar nomes, Marina Silva, sinalizou na noite deste Domingo (5), que pode apoiar um dos candidatos a presidência, diferentemente da posição que tomou em 2010 de ser "Neutra".



Em um espaço de eventos em São Paulo, ela afirmou que o programa de governo que  lançou, é a base de qualquer diálogo, e indicou na direção de Aécio Neves (PSDB), da oposição, ao afirmar que "o Brasil sinalizou claramente, que não concorda com o que está ai" e que reivindica "uma Mudança Qualificada"

No entanto, a no partido quem defenda que ela declare voto. Neste caso, as maiores apostas, são para a aliança com o tucano Aécio Neves.
A



Por: Jornalista Fernanda Odila, Ranier Bragon e Fabiano Maissonnave)
(enviada especial a Santa Luzia, Brasília e São Paulo)